Flipping imobiliário nos EUA


Uma categoria de investimento que cresce ano a ano que permite o investidor obter ganhos em uma janela de tempo curta
Planejamento

    O investimento imobiliário nos Estados Unidos já existe há décadas e, atualmente, é um nicho de mercado que se mostra ser altamente lucrativo com o passar do tempo. No ano de 2018, a revista Forbes apontou que Orlando, na Flórida, é a melhor cidade para entrar no mercado de investimento imobiliário nos Estados Unidos. 


    Os preços das casas em Orlando aumentaram 9% em 2017, elevando o preço médio dos imóveis residenciais da cidade para US$ 247.550. Espera-se que a cidade tenha um  crescimento de preços de 3 anos de 35%. Diferente do flipping de automóveis, o flipping de imóveis é bem mais lucrativo em basicamente o mesmo tempo de presença no mercado. 


    O termo flipping é como se fosse uma metáfora no dicionário americano. A palavra flip quer dizer “giro” em português. Nesse caso, serve como uma espécie de metáfora, onde o flip é a casa no mercado imobiliário. Ou seja, uma casa que está à venda, mas possui um custo baixo e está em uma área valorizada é um bom alvo para fazer um “flip”. O ato de comprar o imóvel, reformá-lo e vendê-lo novamente em pouco tempo é considerado um “flipping de imóvel”. 


    O processo de flipping exige organização, planejamento e parceiros comerciais para conseguir ter sucesso no investimento. Nenhuma etapa deve ser pulada. A Morar-EUA assessora neste tipo de investimento conectando clientes à empresas qualificadas e experientes no mercado imobiliário americano. Além disso, empresa com as licenças para a execução das obras, trabalhando dentro da lei nos Estados Unidos.


No dia 30/11 a Morar-EUA irá realizar evento Morar-EUA On The Road em Belém, no Pará, para explicar como a empresa trabalha, tanto em questão de moradia como em questões de investimentos. Para mais informações, clique aqui.