Outubro nos Estados Unidos - o mês dos símbolos da história americana


Você sabia que o mês de outubro nos Estados Unidos é marcado pela edificação e inauguração de grandes construções históricas? Confira!
Curiosidades

O mês de outubro nos Estados Unidos é marcado por uma coincidência muito interessante. Por ser, para muitos, o país mais famoso e influente do globo terrestre, os EUA possuem muitos símbolos que estão presentes na cultura do próprio território americano e também internacional.


Mas você sabia que duas dessas representações do poder e da influência americana tiveram sua construção e inauguração realizadas no mesmo mês? Pois é, a Casa Branca e a Estátua da Liberdade marcaram sua história em outubro nos Estados Unidos.


Acompanhe a matéria e saiba os detalhes sobre esses dois grandes monumentos da representação estadunidense.


Casa Branca


Localizada na cidade de Washington, na Av Pennsylvania, 1600, a Casa Branca, residência oficial e principal local de trabalho de todos os presidentes da história dos EUA, teve seu início de construção no dia 13 de outubro de 1792. 


Na época, George Washington, o primeiro presidente dos EUA, gastou cerca de 232 mil dólares para realizar a edificação. O curioso é que o primeiro presidente a ter a Casa Branca como moradia oficializada foi o segundo da história, John Adams.


O local foi inaugurado no ano de 1800 e, desde então, passou por algumas reformas de espaço e modernização, como a expansão feita por Thomas Jefferson (utilizando as famosas colunas de Jefferson) e a restauração de James Monroe, depois de um incêndio durante a Guerra de 1812, além da construção da Ala Oeste feita por Theodore Roosevelt e do salão oval criado por William Howard Taft.


O terreno em que a residência presidencial foi construída possui 18 acres de extensão (72.828 metros quadrados, com área construída de 5.109). A Casa Branca, que até o ano de 1861 era considerada a maior casa do país, possui 6 andares e 132 aposentos, sendo 53 banheiros.


Estátua da Liberdade


Projetada por Frédéric Auguste Bartholdi e construída por Gustave Eiffel, a Estátua da Liberdade foi um presente do povo francês aos americanos, em homenagem à liberdade, à vitória da Guerra Civil Americana e ao fim da escravidão.


Ela foi inaugurada no dia 28 de outubro de 1886, no porto de New York. O monumento é uma figura feminina que representa Libertas, deusa romana. Ela carrega uma tocha e uma tábula sobre a qual está inscrita a data da Declaração da Independência dos Estados Unidos (4 de julho de 1776), além de ter uma corrente quebrada sob seus pés.


Um fato curioso é que, devido à instabilidade na França, o trabalho de construção da estátua não começou até o início da década de 1870. Em 1875, os franceses propuseram o financiamento do monumento, enquanto os estadunidenses ficaram responsáveis por fornecer o local e construir o pedestal. Bartholdi finalizou a cabeça e o braço com a tocha da estátua antes mesmo do resto do corpo ficar pronto.


Assim, essas peças foram exibidas como uma forma de publicidade em exposições internacionais na Philadelphia e em Manhattan. Junto com as doações lideradas e organizadas pelo jornalista Joseph Pulitzer, o orçamento para a obra ser finalizada foi alcançado e a inauguração atraiu milhares de pessoas, com direito a uma cerimônia especial com a presença do então presidente Grover Cleveland.


Podemos concluir, então, que o mês de outubro nos Estados Unidos está definitivamente marcado na história dos grandes símbolos do país!